Professor Edgar Almeida | Check list de 5 passos para prevenir os ataques de fake news

Blog

Check list de 5 passos para prevenir os ataques de fake news

Check list de 5 passos para prevenir os ataques de fake news

Check list de 5 passos para prevenir os ataques de fake news.

Saiba como prevenir sua empresa, produto ou personalidade pública de ataques de fake news em apenas 5 passos.

1- O primeiro passo é sempre um diagnóstico. Você sabe o quanto vale a preferência por seu produto* (share of heart)? Como está sua reputação? Pontos fortes e fracos? Quanto cada ponto percentual destes indicadores (e outros) pode impactar nas vendas? Estas informações mostram o valor que está em risco, caso ocorra uma fake news, e irá ajudar a mensurar o “apetite ao risco” da empresa;

2- Crie um comitê de crise com lideranças de várias áreas e principalmente com o CEO/dono. Faça reuniões mensais e utilize os dados acima para sensibilizá-los da importância;

3- Faça simulações na rede social com este comitê. Nas aulas de pós-graduação faço uma simulação interessante com os alunos no Facebook. Em um grupo fechado e privado do Facebook (não é possível compartilhar e ninguém além dos integrantes convidados pelo moderador visualiza a discussão) peço para os alunos entrarem com uma conta fake, ou seja, uma nova conta, com uma foto diferente, de forma que os alunos não reconheçam uns aos outros. Então, criamos um grupo que irá representar a empresa “E Agora?”, que consiste em 5 alunos com os papéis de CEO, diretor de marketing e comunicação, advogado, diretor de TI e diretor de vendas). Os demais alunos são todos ativistas que devem atacar a empresa E Agora? Cada ativista tem uma persona pré-definida, que vai do mais agressivo ao neutro. Apagamos as luzes, som de sirene de submarino emergindo, contagem regressiva no telão e os ataques começam. Quanto maior dramatização, mais adrenalina e mais próximo da realidade você estará. Afinal, é neste curto espaço de tempo que fica difícil usar o lado racional para tomar decisões contra os ataques de fake news. O resultado? Normalmente fica o aprendizado de que deve-se investir muito nestas três ações preventivas, porque na hora do ataque surgem discussões do tipo: E agora quem vai responder? E agora, estamos demorando? E agora, será que precisa responder? Afinal os consumidores hoje em dia não são ingênuos. E agora, se responder desta forma não podemos sofrer um processo? O diretor de vendas nunca tem dúvidas, e sempre dispara “precisamos rever a meta de vendas”; idem para o líder de atendimento “nosso TMA – tempo médio de atendimento – irá cair”. Enquanto isso na sala da justiça (redes sociais) os ataques tomam conta da verdade.

4- Monitore em tempo real sua empresa nas redes sociais. Há desde ferramentas gratuitas e mais simples como Google Alerta até softwares pagos e com mais recursos como Scup, E-Life etc. O importante é descobrir a fake news o mais cedo possível. Lembre-se de monitorar a concorrência também, os erros e acertos deles podem ser valiosos.

5- Gere conteúdo positivo e de alto engajamento para seu público-alvo e a sociedade nas redes sociais. Desta forma você terá uma legião de advogados da marca aptos a defender dos ataques nocivos da fake news.

E agora se acontecer uma fake news? E agora… boa pergunta! Espero que tenha feito várias simulações e esteja com um bom comitê ao seu lado, porque não existe uma receita pronta. Agora, se preferir podemos conversar sobre um treinamento e planejamento para sua empresa, pode me chamar no WhatsApp, email, telefone :-) 

 

Artigo publicado originalmente em: http://ceacom.com.br/check-list-de-5-passos-para-prevenir-os-ataques-de-fake-news/#!/single_blog

+ 15 anos de know how em marketing para você ou sua empresa